ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Alerta à População do MPF

as águas do Açude da Marcela são contaminadas por esgotamento doméstico/sanitário, sendo imprópria para o consumo humano conforme laudos disponibilizados mensalmente no site da Adema.

29/10/2013 05:38 - atualizado em 30/11/-0001 00:00

Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Por determina??o do Minist?rio P?blico Federal na A??o Civil P?blica de n?mero 0001245-92.2011.4.05.8501 que corre na Justi?a Federal de Sergipe, na qual s?o r?s o Estado de Sergipe, a Prefeitura Municipal de Itabaiana, a ADEMA, a DESO e o DNOC, visando apurar crimes ambientais no A?ude da Marcela ocorridos ? partir do ano de 2009; vimos pelo presente alertar a popula??o em geral de que as ?guas do A?ude da Marcela s?o contaminadas por esgotamento dom?stico/sanit?rio, sendo impr?pria para o consumo humano conforme laudos disponibilizados mensalmente no site da Adema.
N?o ? recomendado o banho, o consumo de ?gua e o consumo de peixes no local. Deve ser redobrado o preparo de alimentos, j? que as hortali?as produzidas na ?rea, irrigadas com estas ?guas, podem n?o ser apropriadas. ? igualmente importante que a popula??o local busque a EMDAGRO para aperfei?oarem o manejo de Agrot?xico, j? que seu uso indevido pode ser letal ? sa?de daqueles que plantam e consomem tais hortali?as.
Comunicado do MPF
?

Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS