ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

CAMPANHA DO JULHO AMARELO GANHA APOIO DO MUNICÍPIO DE ITABAIANA

26/07/2018 13:06 - atualizado em 26/07/2018 13:06

Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

CAMPANHA DO JULHO AMARELO GANHA APOIO DO MUNICÍPIO DE ITABAIANA

Na manhã dessa quarta-feira, 25, a equipe da Clínica Municipal de Saúde da Família Manoel Pereira Andrade, do Bairro Sítio Porto, realizou uma ação em benefício ao Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais, que visa prevenir e conscientizar a população sobre as hepatites virais.

Cerca de 100 testes rápidos para Hepatite B e C e para AIDS foi realizado. A ação também contou com palestras ministradas pelo clínico geral Alan Barreto e pela enfermeira Sandra Rafaela. “As pessoas precisam ter consciência da importância da prevenção. Infelizmente, muitos só tomam alguma precaução quando alguém próximo adquire a doença ou alguém morre”, observa Sandra Rafaela, durante a apresentação para o público.

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica Laís Menezes diz que a Campanha superou a expectativa. “Durante todo o mês realizamos palestras e dinâmicas para a conscientização e prevenção das hepatites e também das DSTs. Hoje, que foi mais ou menos como um dia D da Campanha, cerca de 50 pessoas, em poucas horas do evento, já tinha feito o pré-atendimento para realizar os testes rápidos. Isso é gratificante”, conclui Laís.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS